Queria que o mundo soubesse!

Pare de se preocupar e finjir que se importa. E se fosse pra perguntar eu perguntaria: Porque as coisas que você diz não estão em harmonia com as que faz? Talvez porque você prefira viver nessa perfeição utópica, escondendo-se daquilo que “não te afeta” mas que afeta os outros, escolhendo o mais fácil só pra não dificultar a satisfação do seu egoísmo e por fim abandonar o barco. Considerar isso covardia é pouco. Ou então o paradoxo esteja certo ao considerar que pra ser covarde é preciso coragem. 
E ,sim, as vezes racionalizar a dor vem a ser o único meio de conviver com ela, deixar de odiá-la e passar a sentir, criar uma amizade incomum. Ser amigo do sofrimento e permitir que a felicidade, um tanto quanto tímida, venha nos visitar de tempo em tempo e assim formar um trio, onde tudo pode ser intenso e ao mesmo tempo equilibrado. Mas na verdade o balanço das coisas pouco importa, pois os momentos ruins e os bons virão outra vez, sendo assim basta viver, consciente de que os sonhos e as oportunidades não virão só, a frustração fica encarregada de acompanha-los.
Caso duvide pergunte a alguém que ainda acredita, apesar do risco considero uma grande virtude, acreditar. Parece que a vida não vai além das pessoas, que o único motivo pelo qual se atribui valor a ela, são os outros. Aqueles que se amam, que se querem perto, que se fazem bem mesmo fazendo mal.
Assim estarei conhecendo, amando, e ,mesmo que não seja permitido, até odiando, e quando for a hora, deixar-se levar, aceitar… E por fim morrer levando no peito as perguntas nunca respondidas e os conflitos que ninguém entendia, nem mesmo eu.

Image

Anúncios

2 pensamentos sobre “Queria que o mundo soubesse!

  1. Fabi Malvestiti disse:

    Belo desabafo.. muitas verdades em poucas linhas, isso de certo modo apresenta-se intimidador, mas com certeza verdadeiro.. quantos de nós deixamos de viver para existir ou pior co-existir neste mundo simplesmente por pura hipocrisia de aceitar nossos sentimentos, nossos pensamentos e principalmente nossos sonhos como não o são de fato.. oras, simplesmente digo eu? não.. inevitavelmente no máximo.. numa busca infinita para encontrar-nos conosco mesmo num caos que o mundo coloca sob nossos ombros… que busquemos sempre mostrar ao mundo sim o que queremos que ele saiba, mas enfaticamente, que mostremos para nós mesmos o que o mundo é capaz de fazer conosco e que possamos reverter tudo de ruim em busca do nosso bem.. egoísmo? não.. diria natural.. afinal é a partir de nós que o mundo se constrói de fato.. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: